Artigo

Mensagem do Prelado (5 de Janeiro de 2020)

Mons. Fernando Ocáriz propõe meditar no começo do ano a fé no amor de Deus por nós.

Sábado, 1 de Fevereiro de 2020

Queridíssimos, que Jesus me guarde as minhas filhas e os meus filhos!

No começo de um novo ano, certamente teremos recordado o que nos dizia S. Josemaria: «Ano novo, luta nova!». Uma luta que necessita, sim, do nosso esforço, mas antes de mais da graça divina. Foquemo-nos na parábola do semeador, com o desejo de ser «boa terra» (Mt 13,8) para receber o dom de Deus, a semente que dê fruto abundante. Jesus oferece-nos este dom cada dia na Eucaristia.

Na sinagoga de Cafarnaum, o Senhor diz: «Se não comerdes a carne do Filho do Homem e não beberdes o Seu sangue, não tereis a vida em vós» (Jo 6,53). Uma boa maneira de começar este ano pode ser atualizar, com maior profundidade e agradecimento, a fé no amor de Deus por nós (cfr. 1 Jo 4,16), que na Eucaristia se nos torna sacramentalmente visível. Assim, orientaremos adequadamente a nossa luta para ser a «boa terra» que acolhe a semente.

Olhemos para Jesus, que – apesar de sermos tão pouca coisa – quer encher-nos de renovada eficácia e alegria.

Com a minha bênção mais carinhosa,

o vosso Padre

Roma, 5 de janeiro de 2020